Vá diretamente para a pesquisa Vá diretamente para a lista de A a Z Vá diretamente para a navegação Vá diretamente para as opções de página Vá diretamente para o conteúdo do site

Zika e transmissão sexual

Este site é atualizado com frequência, no entanto, alguns conteúdos podem ser exibidos em inglês até que sejam traduzidos.

Informações básicas sobre o zika vírus
e as relações sexuais

Transmissão

  • O zika pode ser transmitido pela relação sexual de uma pessoa contaminada para os seus parceiros ou parceiras.
    • A relação sexual pode ser vaginal, anal e oral, bem como o compartilhamento de brinquedos sexuais.
    • A exposição sexual inclui relação sexual sem preservativo com uma pessoa que vive ou viajou para uma área com zika.
  • O zika pode ser transmitido pela relação sexual, mesmo que a pessoa não apresente sintomas no momento.
    • Ele pode ser transmitido de uma pessoa com zika antes de se iniciarem os sintomas, enquanto a pessoa apresenta os sintomas e depois que os sintomas desaparecem.
    • Ele também pode ser transmitido por uma pessoa que tenha sido infectada pelo vírus, mas nunca desenvolveu os sintomas.
  • Há estudos em andamento para descobrir por quanto tempo o zika permanece no sêmen e nos fluidos vaginais das pessoas contaminadas e por quanto tempo ele pode ser transmitido aos parceiros sexuais. Pesquisas atuais mostram que o zika pode permanecer no sêmen por mais tempo do que em outros fluidos corporais, inclusive os fluidos vaginais, urina e sangue.

Informações básicas sobre prevenção

  • Não ter relações sexuais elimina o risco de contrair o zika pela relação sexual.
  • Preservativos podem reduzir a chance de contrair o zika pela relação sexual.
    • Preservativos incluem masculinos e femininos.
    • Os diques de borracha (folhas de látex ou de poliuretano) também podem ser usados para certos tipos de relação sexual oral (boca na vagina ou boca no ânus).
    • Para serem eficazes, os preservativos devem ser usados do início ao fim todas as vezes na relação sexual vaginal, anal e oral, e ao compartilhar brinquedos sexuais.
  • Não compartilhar brinquedos sexuais pode reduzir o risco de transmissão do zika a parceiros sexuais.

O que o CDC está fazendo

O CDC e outros parceiros de saúde pública continuam a pesquisar sobre o zika vírus e a forma de disseminação, e compartilharão novas informações assim que estiverem disponíveis. Essa pesquisa contínua pode nos ajudar a descobrir:

  • Quanto tempo o zika pode permanecer nos fluidos genitais.
  • O quanto é comum a transmissão do zika pela relação sexual por um homem ou uma mulher.
  • Se o zika transmitido para uma mulher grávida durante a relação sexual, ele apresenta risco diferente para defeitos congênitos do zika transmitido por uma picada de mosquito.

Como prevenir a transmissão sexual do zika

Casais grávidos

Casais grávidos

O risco de contrair o zika pela relação sexual é uma grande preocupação para as mulheres grávidas, que podem transmitir o zika ao seu feto em desenvolvimento se for infectada durante a gravidez. Como o zika pode causar defeitos congênitos, mulheres grávidas com parceiros que vivem ou viajaram para uma área com zika devem se proteger durante toda a gravidez.

Casais esperando filho nos quais um ou os dois parceiros vivem ou viajaram para uma área com zika devem:

  • Usar preservativo do início ao fim todas as vezes que tiverem relação sexual ou não ter relações sexuais durante a gravidez. Isso é importante, mesmo que o parceiro da mulher grávida não apresente os sintomas do zika ou não se sinta doente.
  • Não compartilhar brinquedos sexuais durante a gravidez.
  • Tomar medidas para prevenir picadas de mosquito, enquanto estiver em uma área com zika. O zika se propaga principalmente pela picada de mosquitos infectados.
  • Os viajantes devem tomar medidas para prevenir picadas de mosquito por 3 semanas depois de voltar de uma área com zika, mesmo que não se sintam doentes. Isto ocorre porque você pode ter o zika em seu sangue, e se um mosquito picar você, ficará infectado com o zika vírus e espalhará o vírus para outras pessoas.

Casais que desconfiam que um dos parceiros possa ter zika devem discutir o assunto com seu profissional de saúde imediatamente, incluindo:

  • Sintomas de zika
  • Histórico de viagens de cada parceiro
  • Por quanto tempo cada parceiro ficou em uma área com zika
  • Se algum dos parceiros tomar medidas para prevenir picadas de mosquitos enquanto estiverem em uma área com zika.
  • Se houve relação sexual sem o uso de preservativo.

Casais planejando uma gravidez

Casais planejando uma gravidez

Casais que estejam considerando uma gravidez devem conversar com seu profissional de saúde se um dos parceiros ou ambos viverem ou tiverem viajado para uma área com zika. Veja as sugestões de períodos a aguardar antes de engravidar após uma possível exposição ao zika.

Outras pessoas que se preocupam com a transmissão do zika pela relação sexual

Outras pessoas que se preocupam com a transmissão do zika pela relação sexual

Qualquer pessoa não preocupada com gravidez que queira evitar contrair ou transmitir o zika durante a relação sexual pode usar preservativo todas as vezes que tiver relações sexuais ou se abster de sexo. O período de tempo recomendado para tomar essas precauções dependerá da situação da pessoa ou do casal.

Pessoas com um parceiro que viajou para uma área com zika

Pessoas com um parceiro que viajou para uma área com zika podem usar preservativo ou não ter relações sexuais. O período de tempo para tomar essas precauções depende se o viajante é homem ou mulher:

  • Se a viajante for mulher: usar preservativo ou não ter relações sexuais por pelo menos 8 semanas após o retorno dela de uma área com zika (se ela não apresentar os sintomas) ou por pelo menos 8 semanas a partir do início dos sintomas (ou diagnóstico de zika) se ela contrair o zika.
  • Se o viajante for homem: usar preservativo ou não ter relações sexuais por pelo menos 6 meses após o retorno dele de uma área com zika (se ele não apresentar os sintomas) ou por pelo menos 6 meses a partir do início dos sintomas (ou diagnóstico de zika) se ele contrair o zika. Esse período prolongado se deve ao fato de que o zika permanece no sêmen mais tempo do que em outros fluidos corporais.

Pessoas vivendo em uma área com zika

Pessoas vivendo em uma área com zika podem usar preservativos ou não ter relações sexuais enquanto houver zika na área.  Se essas pessoas (ou seus parceiros) desenvolverem os sintomas do zika ou tiverem preocupações, devem falar com um profissional de saúde.

As pessoas que estão considerando usar preservativos ou não ter relações sexuais devem pesar os riscos e benefícios pessoais, incluindo:

  • Sintomas leves da doença para muitas pessoas.
  • A possível exposição de um parceiro a mosquitos enquanto estiver em uma área com zika.
  • Planos de gravidez (se adequado) e acesso a controle de natalidade
  • Acesso a preservativos.
  • Desejo de intimidade, inclusive disposição para usar preservativos ou não ter relações sexuais.
  • Capacidade de usar preservativos ou não ter relações sexuais.

Transmissão sexual e testes

  • Mulheres grávidas com possível exposição sexual ao zika devem ser testadas para a infecção por zika.
  • O CDC recomenda o teste do zika vírus para pessoas que possam ter sido expostas ao zika pela relação sexual e que apresentem os sintomas do zika.
  • Testes de sangue, sêmen, fluidos vaginais ou urina não são recomendados para determinar a probabilidade de uma pessoa transmitir o zika vírus pela relação sexual. Como o zika vírus pode permanecer no sêmen por mais tempo que no sangue, é possível ter um exame de sangue negativo, mas um teste de sêmen positivo. Os resultados dos exames de sêmen e fluido vaginal são difíceis de interpretar.
  • À medida que aprendemos mais e os exames são aprimorados, esses testes podem tornar-se mais úteis para determinar o risco de uma pessoa transmitir o zika através da relação sexual.

Recursos adicionais

Zika e sexo: informações para os homens com parceiras grávidas residentes em áreas com zika - Miniatura do infográfico

Zika e relações sexuais: informações para homens com parceiras grávidas que vivem ou viajaram recentemente para áreas com zika

Zika e sexo: informações para mulheres grávidas que vivem em áreas com zika - Miniatura da ficha técnica

Zika e relações sexuais: informações para mulheres grávidas que vivem em áreas com zika

Zika e transmissão sexual: o que sabemos e o que não sabemos - Miniatura da ficha técnica

Informações básicas sobre o zika vírus e relações sexuais

Como se proteger do zika com informações sexuais para pessoas cujo parceiro viajou para uma área com zika - Miniatura da ficha técnica

Zika e transmissão sexual: para pessoas cujo parceiro viajou para uma área com zika

Como se proteger do zika com informações sexuais para pessoas vivendo em áreas com zika - miniatura de ficha técnica

Zika e transmissão sexual: para pessoas vivendo em uma área com zika

Início