Vá diretamente para a pesquisa Vá diretamente para a lista de A a Z Vá diretamente para a navegação Vá diretamente para as opções de página Vá diretamente para o conteúdo do site

Registro de gravidez com zika nos EUA

Este site é atualizado com frequência, no entanto, alguns conteúdos podem ser exibidos em inglês até que sejam traduzidos.

Sumário

Para saber mais sobre a infecção pelo zika vírus, o CDC estabeleceu o registro de gravidez com zika nos EUA e está colaborando com departamentos de saúde estaduais, tribais, locais e territoriais para coletar informações sobre resultados de gravidez e bebês após evidências laboratoriais de infecção pelo zika vírus durante a gravidez. Os dados coletados por meio desse registro serão utilizados para atualizar recomendações para tratamento clínico, planejar serviços para mulheres grávidas e famílias afetadas pelo zika vírus e melhorar a prevenção de infecção com zika vírus durante a gravidez.

Se você for um profissional de saúde ou departamento de saúde e tiver perguntas sobre o registro, envie e-mail ou ligue para 770-488-7100 e peça a linha direta para gravidez com zika.

Elegibilidade para o registro

  • Mulheres grávidas e bebês que cumpram os seguintes critérios podem ser incluídos no Registro de gravidez com zika nos EUA: mulheres grávidas nos Estados Unidos* com evidência laboratorial de infecção pelo zika vírus (resultados de teste positivos ou duvidosos, independentemente de terem sintomas) e bebês com exposição periconcepcional, pré-natal ou perinatal nascidos dessas mulheres.
  • Bebês com evidência laboratorial de infecção congênita pelo zika vírus (resultados de teste positivos ou duvidosos, independentemente de terem sintomas) e suas mães.
*Inclui os 50 estados dos EUA, o Distrito de Colúmbia e as seguintes jurisdições:  Samoa Americana, Estados Federados da Micronésia, Guam, Ilhas Marianas Setentrionais, além da República das Ilhas Marshall, República de Palau e Ilhas Virgens Americanas. Mulheres grávidas em Porto Rico estão excluídas do Registro e são acompanhadas pelo sistema de vigilância ativa de gravidez com zika (ZAPSS), um sistema semelhante adaptado especificamente para Porto Rico.

Departamentos de saúde: como participar

Os departamentos de saúde estaduais, tribais, municipais e territoriais podem participar do registro de gravidez com zika nos EUA. Eles podem:

  • Identificar mulheres grávidas e bebês qualificados para teste do zika vírus de acordo com as orientações estaduais ou do CDC.
  • Coordenar o teste em um laboratório de saúde pública ou no CDC para as mulheres qualificadas.
  • Reportar informações sobre gestantes nos Estados Unidos com evidência laboratorial de infecção pelo zika vírus (resultados de teste positivos ou duvidosos, independentemente de terem sintomas) e informações sobre bebês com exposição periconcepcional, pré-natal ou perinatal nascidos dessas mulheres, inclusive bebês com infecção congênita pelo zika vírus.
  • Coletar dados de vigilância aprimorados sobre gestantes e seus bebês que se qualificam para o registro.
  • Trabalhar com o CDC para determinar métodos específicos do estado para coletar e compartilhar dados.

Profissionais de saúde: como participar

O CDC e os departamentos de saúde estaduais, tribais, locais e territoriais solicitam que os profissionais de saúde participem do registro de gravidez com zika nos EUA.

Os profissionais de saúde da área de obstetrícia podem:

  • Reportar informações sobre gestantes com evidência laboratorial de zika vírus ao departamento de saúde estadual, tribal, municipal ou territorial competente.
  • Coletar informações clínicas pertinentes sobre gestantes e seus bebês nos formulários de vigilância de gravidez e doenças causadas pelo zika vírus.
  • Fornecer as informações aos departamentos de saúde estaduais, tribais, locais ou territoriais ou diretamente à equipe de registro do CDC se forem solicitados a fazê-lo pelos agentes de saúde locais.
  • Notificar a equipe do departamento de saúde estadual, tribal, municipal ou territorial ou a equipe de registro do CDC sobre eventos adversos (p. ex. aborto espontâneo, interrupção da gravidez).

Os profissionais de saúde da área pediátrica podem:

  • Identificar e reportar suspeita de exposição congênita ao zika vírus ao departamento estadual, tribal, local ou territorial competente para possível teste.
  • Coletar informações clínicas pertinentes sobre bebês nascidos de mulheres com evidência laboratorial de infecção pelo zika vírus ou bebês com infecção congênita pelo zika vírus.
  • Fornecer as informações aos departamentos de saúde estaduais, tribais, locais ou territoriais ou diretamente à equipe de registro do CDC se forem solicitados a fazê-lo pelos agentes de saúde locais.
  • Notificar a equipe do departamento de saúde estadual, tribal, municipal ou territorial ou a equipe de registro do CDC sobre eventos adversos (p. ex. mortes perinatais ou de bebês).

Os profissionais de saúde que praticam em Porto Rico devem reportar informações ao Sistema de Vigilância Ativa de Gravidez com Zika de Porto Rico (ZAPSS), e não ao Registro de Gravidez com Zika nos EUA.

Evidência laboratorial de possível exposição ao zika vírus

A evidência laboratorial de possível infecção pelo zika vírus para o registro de gravidez com zika nos EUA é definida como

  • Infecção recente pelo zika vírus detectada pelo teste de ácido nucleico (NAT) para RNA de zika (por exemplo, reação em cadeia da polimerase via transcriptase reversa em tempo real [rRT-PCR]):
    • RNA do zika vírus detectado por NAT em qualquer amostra clínica de feto/bebê (por exemplo, soro, urina, sangue total, líquido cefalorraquidiano, líquido amniótico, sangue do cordão umbilical, saliva, placenta, tecido do cordão umbilical, membranas placentárias ou tecido fetal.
  • Infecção recente pelo zika vírus ou infecção recente por flavivírus detectada por testes sorológicos de soro da mãe ou do bebê ou líquido cefalorraquidiano
    • IgM do zika vírus positivo ou duvidoso E concentração ≥10 no teste de neutralização por redução de placas (PRNT) para zika (independentemente do valor de PRNT para vírus da dengue) OU
    • IgM de zika vírus positivo ou duvidoso E PRNT para zika vírus não realizado segundo o protocolo dos departamentos de saúde estadual, tribal, local ou territorial OU
    • IgM de zika vírus negativo E IgM de vírus da dengue positivo ou duvidoso E concentração ≥10 de PRNT para zika vírus (independentemente da concentração de PRNT para vírus da dengue).
    • Estes critérios de inclusão são intencionalmente amplos devido à conhecida reatividade cruzada no teste de IgM e à incapacidade de distinguir entre zika vírus e vírus da dengue por meio do uso de PRNT.
    • Se o IgM de zika vírus e IgM de vírus da dengue na mãe forem ambos negativos, e o PRNT na mãe foi realizado por protocolo jurisdicional com concentração ≥10 de PRNT para zika vírus, são necessários testes adicionais para atender aos critérios de inclusão. Por exemplo, se o teste materno for realizado >12 semanas da possível exposição ao zika vírus e o teste de IgM materno for negativo com concentração ≥10 de PRNT para zika vírus, o par mãe-bebê seria incluído, se o bebê tivesse o IgM de zika vírus positivo ou duvidoso, RNA do zika vírus ou antígeno detectado, ou zika vírus cultivado.
  • Infecção pelo zika vírus confirmada por outros testes em qualquer amostra clínica da mãe ou do feto/bebê (por exemplo, soro, urina, sangue total, líquido cefalorraquidiano, líquido amniótico, sangue do cordão umbilical, saliva, placenta, tecido do cordão umbilical, membranas placentárias ou tecido fetal)
    • Cultura do zika vírus
    • Detecção do antígeno do zika vírus.

*Revisada e atualizada continuamente

Recursos relacionados

Captura de tela do vídeo com Margaret Lampe

Registro de gravidez com zika nos EUA: como participar

Margaret Lampe, RN, MPH, uma enfermeira cientista da Força-Tarefa de Gravidez e Defeitos Congênitos para resposta do CDC ao zika vírus em 2016 compartilha uma visão geral sobre o registro de gravidez com zika nos EUA e como participar.


Kit para profissionais de saúde para departamentos de saúde


Como Participar


Registro de gravidez com zika nos EUA: o que as mulheres grávidas precisam saber
Registro de gravidez com zika nos EUA: o que os pais precisam saber
Início