Vá diretamente para a pesquisa Vá diretamente para a lista de A a Z Vá diretamente para a navegação Vá diretamente para as opções de página Vá diretamente para o conteúdo do site

Transmissão sexual e prevenção

Este site é atualizado com frequência, no entanto, alguns conteúdos podem ser exibidos em inglês até que sejam traduzidos.

Zika e sexo: o que isso significa para a gravidez

  • O zika vírus pode ser transmitido de uma gestante ao feto.
  • A infecção pelo zika durante a gravidez pode causar um defeito congênito chamado microcefalia e outros defeitos cerebrais graves no feto.
  • Casais grávidos com risco de contrair zika devem usar preservativos ou não  ter relações sexuais durante toda a gravidez.
  • Casais com risco de contrair zika que planejam engravidar devem saber como se proteger.

O zika pode ser transmitido pela relação sexual

  • O zika pode ser transmitido pela relação sexual de uma pessoa contaminada por ele para seus parceiros sexuais.
    • A relação sexual inclui sexo vaginal, anal e oral, bem como o compartilhamento de brinquedos sexuais.
    • O zika pode ser transmitido pela relação sexual, mesmo em uma relação comprometida.
    • Os prazos nos quais homens e mulheres podem transmitir o zika variam porque o zika vírus pode permanecer no sêmen por mais tempo que em outros fluidos corporais.

Pessoas infectadas podem transmitir o zika pela relação sexual, mesmo que não apresentem sintomas

  • Muitas pessoas infectadas com o zika vírus não terão sintomas ou terão apenas sintomas leves, e podem não saber que foram infectadas.
  • O zika também pode ser transmitido por uma pessoa com zika antes do início dos sintomas, enquanto a pessoa apresenta os sintomas e depois que os sintomas desaparecem.

Como se proteger durante a relação sexual

ilustração de uma caixa de preservativos

  • Preservativos podem reduzir a chance de contrair o zika pela relação sexual.
    • Preservativos incluem masculinos e femininos.
    • Para serem eficazes, os preservativos devem ser usados do início ao fim todas as vezes no sexo vaginal, anal e oral, e ao compartilhar brinquedos sexuais.
    • Diques de borracha também podem ser usados para determinados tipos de sexo oral (boca na vagina ou boca no ânus).
  • Não compartilhar brinquedos sexuais também pode reduzir o risco de transmitir o zika para seus parceiros sexuais.
  • Não ter relações sexuais elimina o risco de contrair o zika pela relação sexual.

Recomendações para os locais onde você vive ou para os quais viaja

Casais grávidos
Os dois parceiros precisam tomar precauções!
Pessoas que viajam para uma área com risco de zika
  • Gestantes NÃO devem viajar para áreas com risco de zika. Se uma gestante precisar viajar para uma dessas áreas, primeiro deverá falar com seu profissional de saúde. Saiba mais sobre como proteger sua gravidez.
  • Se uma gestante ou seu(sua) parceiro(a) viajar para uma área com risco de zika, o casal deverá usar preservativos do início ao fim toda vez que tiver relação sexual ou não ter relações sexuais durante toda a gravidez. Isso é importante, mesmo que o viajante não tenha sintomas de zika e não se sinta doente.
Pessoas que vivem em uma área com risco de zika
  • Casais grávidos devem usar preservativos do início ao fim toda vez que tiverem relações sexuais ou não devem ter relações sexuais durante toda a gravidez.
Casais planejando a gravidez
  • Mulheres que estão pensando em engravidar ou tentando engravidar e seus parceiros precisam se proteger contra a infecção pelo zika.
  • Casais que estão pensando em engravidar ou tentando engravidar devem discutir seus planos de gravidez com um profissional de saúde para determinar seus riscos e as opções disponíveis.
Casais que não estão grávidos e não estão tentando engravidar
  • Qualquer pessoa preocupada em contrair ou transmitir o zika pela relação sexual deve considerar tomar precauções, especialmente porque aproximadamente metade de todas as gravidezes (45%) nos Estados Unidos não são planejadas.
  • Se qualquer dos parceiros desenvolver sintomas de zika ou tiver preocupações, devem conversar com um profissional de saúde.
Pessoas que viajam para uma área com risco de zika
Homens e mulheres que viajam para uma área com risco de zika devem considerar o uso de preservativos toda vez que tiverem relação sexual ou não devem ter relações sexuais durante viagens.
Se um casal tem um parceiro masculino e
somente ele viaja para uma área com risco de zika

O casal deve considerar o uso de preservativos ou não ter relações sexuais por pelo menos 6 meses

  • Após o retorno do parceiro masculino, mesmo que ele não tenha sintomas ou
  • Desde o início dos sintomas do parceiro masculino ou a data em que foi diagnosticado com zika.
Se um casal tem uma parceira do sexo feminino e
somente ela viaja para uma área com risco de zika

O casal deve considerar o uso de preservativos ou não ter relações sexuais por pelo menos 8 semanas

  • Após o retorno da parceira do sexo feminino de uma área com risco de zika, mesmo que ela não tenha sintomas ou
  • Desde o início dos sintomas da parceira do sexo feminino ou a data em que ela foi diagnosticada com zika.
Se o casal tem um parceiro masculino e um feminino
e ambos viajam para uma área com risco de zika

O casal deve considerar o uso de preservativos ou não ter relações sexuais por pelo menos 6 meses

  • Após o retorno de uma área com risco de zika, mesmo que não tenham sintomas ou
  • Desde o início dos sintomas de qualquer um dos parceiros ou a data em que foram diagnosticados com zika.
  • Se qualquer dos parceiros desenvolver sintomas de zika ou tiver preocupações, devem conversar com um profissional de saúde.
Pessoas que vivem em uma área com risco de zika
Casais não infectados que vivem em uma área com risco de zika podem usar preservativos ou não ter relações sexuais se estiverem preocupados em transmitir ou contrair o zika pela relação sexual.

Decisões sobre ter relações sexuais e usar preservativos dependem da compreensão que cada pessoa tem dos riscos e benefícios, incluindo

  • Sintomas leves da doença para muitas pessoas.
  • Sua possível exposição a mosquitos enquanto estiver em uma área com zika
  • Seus planos de gravidez (se adequado) e acesso a controle de natalidade
  • Seu acesso a preservativos
  • Seu desejo de intimidade, inclusive a disposição para usar preservativos ou não ter relações sexuais
  • Sua capacidade de usar preservativos ou não ter relações sexuais.
  • Se qualquer dos parceiros desenvolver sintomas de zika ou tiver preocupações, devem conversar com um profissional de saúde.

Testes

Não se recomendam testes para determinar a probabilidade de uma pessoa transmitir o zika vírus pela relação sexual. Para obter mais informações consulte Testes e zika.
 

Zika e sexo: o que isso significa para a gravidez

  • O zika vírus pode ser transmitido de uma gestante ao feto.
  • A infecção pelo zika durante a gravidez pode causar um defeito congênito chamado microcefalia e outros defeitos cerebrais graves no feto.
  • Casais grávidos com risco de contrair zika devem usar preservativos ou não  ter relações sexuais durante toda a gravidez.
  • Casais com risco de contrair zika que planejam engravidar devem saber como se proteger.

Recursos adicionais

Zika e relações sexuais: informações para homens com parceiras grávidas que vivem ou viajaram recentemente para áreas com zika

Zika e relações sexuais: informações para mulheres grávidas que vivem em áreas com zika

Informações básicas sobre o zika vírus e relações sexuais

Zika e transmissão sexual: para pessoas cujo parceiro viajou para uma área com zika

Zika e transmissão sexual: para pessoas vivendo em uma área com zika

Início