Vá diretamente para a pesquisa Vá diretamente para a lista de A a Z Vá diretamente para a navegação Vá diretamente para as opções de página Vá diretamente para o conteúdo do site

Dicas para se comunicar com o médico ou profissional de saúde do seu bebê

Este site é atualizado com frequência, no entanto, alguns conteúdos podem ser exibidos em inglês até que sejam traduzidos.

Mulher segurando um recém-nascidoComo pai de um recém-nascido que pode ter sido exposto ao zika vírus durante a gravidez, você pode se sentir sobrecarregado, preocupado e inseguro quanto aos próximos passos no cuidado do bebê, mesmo se ele parecer saudável. Converse regularmente com o médico do seu bebê sobre suas preocupações e compareça a todas as consultas agendadas para certificar-se de que seu bebê está recebendo o cuidado de que precisa.
 

Recomendação para mães

Se você teve resultado de teste positivo para zika vírus durante a gravidez, não deixe de informar ao médico do seu bebê na primeira consulta.  É importante que o médico saiba que seu bebê pode ter sido exposto ao zika vírus.

Antes da consulta com o médico

Prepare-se para a consulta, anotando todas as perguntas ou dúvidas que você tem para o médico do seu bebê. Aqui estão algumas perguntas possíveis:

  • De que tipos de testes o meu bebê necessitará?
  • Que tratamentos você recomenda para o meu bebê?
  • Você vai encaminhar meu bebê a um especialista? Em caso afirmativo, quais?
  • O meu bebê precisa ser avaliado por um programa de intervenção precoce? Se sim, você pode me encaminhar?
  • Você tem algum folheto ou material que possa me ajudar?
  • Existem grupos de apoio ou outros recursos para os pais que têm um bebê afetado pelo zika?

Durante a consulta

O tempo com o médico do seu bebê pode ser curto, e pode ser difícil lembrar todas as informações que o médico estiver lhe dando. Aqui estão algumas dicas para tirar o máximo proveito de cada consulta.

  • Faça anotações. Anote as respostas do médico às suas perguntas para ajudar você a se lembrar do que o médico disse. Se surgirem mais perguntas durante a consulta, certifique-se de anotá-las, para que você não se esqueça de perguntar. Mantenha suas anotações organizadas e guarde-as em um lugar seguro para que você possa consultá-las mais tarde, se necessário.
  • Peça ao seu médico para repetir as informações. Se não entender alguma coisa, peça ao médico para explicar novamente ou de uma maneira diferente. Se o médico estiver usando palavras que você não conhece, não tenha medo de falar e perguntar o que elas significam.
  • Leve reforços. Se puder, leve outra pessoa com você para brincar com seu filho, para que você possa se concentrar melhor no que o médico disser.
  • Lembre-se de que você é quem melhor conhece o seu bebê. Não tenha medo de mencionar quaisquer preocupações que possa ter. Qualquer informação que você puder dar ao médico sobre o bem-estar do seu bebê durante a visita será valiosa.

Depois da consulta

  • Reveja suas notas e siga os próximos passos que o médico indicar. Depois de fazer isso, certifique-se de informar ao médico como as coisas correram.
  • Acompanhe regularmente o desenvolvimento do seu bebê entre as consultas, usando as listas de verificação de marcos de desenvolvimento do CDC e mencione quaisquer dúvidas ao médico.
  • Entre em contato com o programa de intervenção precoce do seu estado ou território para saber se o seu bebê pode obter serviços gratuitos ou de baixo custo que podem ajudar. Você não precisa do encaminhamento de um médico ou de um diagnóstico médico para que seu bebê seja avaliado para receber esses serviços.
  • Não tenha medo de ligar para o consultório médico novamente, se tiver mais perguntas sobre como cuidar melhor do seu bebê.

Ficha técnica relacionada

Dicas para se comunicar com o médico ou profissional de saúde do seu bebê

Início